2
reblog

Backgrounds relive the past.

47298
reblog
"Aos 14, eu conheci a garota mais linda da minha cidade. Aos 15, nós tivemos uma briga terrível e não nos falamos por 1 ano. Aos 16, reencontrei ela em um supermercado, 5 minutos de conversa e eu me vi apaixonado. Aos 17, eu comecei a namorar com a garota mais bonita da cidade. Aos 22, eu fiquei noivo da mulher mais linda do país. Aos 25, eu estava casado com a mulher mais linda do mundo. Aos 27, eu tive um filho com a mulher mais madura que já conheci. Aos 29, eu tive uma filha, a filha mais linda da cidade. Aos 40, eu fiz 15 anos de casado com a mulher mais interessante do universo. Aos 50, eu percebi que nunca tinha tido olhos para outra, nesse mesmo ano, eu percebi que eu era um homem realizado. Aos 60, eu vi a mulher mais linda do mundo continuar sendo a mulher mais interessante do universo. Aos 76, eu senti falta dessa mulher, a mulher mais incrível do mundo, agora só existia em fotografias. Aos 78, eu senti que não tinha mais vida sem ela; nesse mesmo ano, eu me entreguei para viver a eternidade ao lado dela, seja lá onde fosse."
Autor Desconhecido.   (via atritou)
44975
reblog
"E no meio de tanta gente eu encontrei você. Entre tanta gente chata sem nenhuma graça, você veio. E eu que pensava que não ia me apaixonar, nunca mais na vida. Eu podia ficar feia, só perdida, mas com você eu fico muito mais bonito, mais esperto. E podia estar tudo agora dando errado pra mim, mas com você dá certo. Por isso não vá embora, por isso não me deixe nunca, nunca mais. Eu podia estar sofrendo caído por ai, mas com você eu fico muito mais feliz, mais desperto. Eu podia estar agora sem você, mas eu não quero, não quero."
Marisa Monte.  (via nevarias)
4799
reblog
"Acho que amar é aguentar tudo como um coração, que vai pulsando toda gordura do corpo e suscita suscita mas não morre. Acho que amar requer dom pra receber: saber receber o sentimento puro e belo, saber ser recíproco e mesmo que não se saiba, se consente e deixa brotar. Acho que amar se tornou algo muito natural pra mim a partir do momento que entendi que não importasse o que os outros fizessem, eu estaria ali, no mesmo lugar. Eu sempre estaria ali, à espera, não sairia do lugar, poderia cair mundos, nascer planetas, morrer estrelas, eu estaria fincado no mesmo lugar. Amar, pra mim, é muito simples: ama-se pelos erros, defeitos, pelas faltas e ausências, pelos medos, pelos cortes, pela vontade de ir. Ama-se também o que é bom, a paz que outro te dá, a esperança em dias melhores, a vulnerabilidade da companhia, a presença forte, grande, impetuosa. Amar se tornou bem fácil pra mim a partir do instante que compreendi que os outros não precisam retribuir da mesma forma, na mesma intensidade: ama-se independente da troca, do valor e do resultado. Eu amo porque amar, antes de tudo, é um ato de estar."
Floresinexatas.  (via isolavel)